Fotografia de animais Retrato

Fotos para um amor vira-lata

Foto: Mariana Simon/Animalia
Black Friday Antecipada
Foto: Mariana Simon/Animalia
“Bisteca” é um dos cães fotografados pelo “+amigo” de Mariana

Você os vê vadiando em todo canto: cães que por algum motivo foram abandonados ou já nasceram nas ruas. Vira-latas. A maioria das pessoas não se preocupa, mas alguns se incomodam bastante com a situação desses bichos. E resolvem ajudar.

Em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, 12 mil animais (incluindo os gatos) são postos no olho da rua anualmente. A estatística está no site do Animalia, da paulistana Mariana Simon, de 25 anos, que divide seu tempo entre fotografar pets comercialmente e clicar voluntariamente os abandonados para ajudá-los a arranjar um lar.

Há dois anos ela desenvolve o projeto “+amigo”. Uma ideia que surgiu ao fim do seu curso de publicidade e propaganda. “Na monografia, trabalhei um problema latente e grave na cidade, pouco desenvolvido pelos setores políticos. Estudei o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), seus problemas e os reflexos problemáticos em relação ao universo animal na cidade. Concluindo o curso quase conseguimos aprovar uma parte das sugestões propostas para o CCZ, mas, como sempre, eles postergaram”, lamentou.

Mariana sabia que não havia muita informação sobre adoção e guarda responsável de animais de estimação. “Resolvi investir em todo o potencial da fotografia como ferramenta comunicacional, com a intenção de criar algo realmente efetivo, que alcançasse e informasse o maior número de pessoas”, decidiu. “E mais do que isso, que ressaltasse a beleza natural que os animais disponíveis para adoção apresentam, apesar de todo o sofrimento, sendo capazes de conquistar o espectador, sugerindo a adoção como uma opção consciente e benéfica tanto para o animal quanto para o adotante”, reforça.

Foto: Mariana Simon/Animalia

Foto: Mariana Simon/Animalia

A fotógrafa tem obtido bons resultados em sua campanha: “Já chegamos a alcançar semanalmente 40 mil pessoas através do Facebook, houve uma evolução na qualidade das informações divulgadas, incentivamos algumas adoções através das fotografias, propagamos campanhas e mensagens de guarda responsável, conseguimos mais espaço para o assunto ‘adoção’ na mídia, veiculamos inclusive uma campanha apenas com animais disponíveis para adoção através de outdoors”, enumera.

Até aqui já foram fotografados mais de 150 animais. “A princípio, comecei com o Adoção Especial [projeto paralelo ao ‘+amigo’], no qual fotografava apenas animais com alguma restrição física, sequela neurológica, ou algo que dificultasse sua adoção, mas a quantidade de animais abandonados e recolhidos era tão alta que acabei por estender e ajudar a maioria deles. Escolhi uma das ONGs da cidade pela conduta de trabalho apresentada, e até hoje fotografo os animais deles”. Os bichos são fotografados em eventos de adoção, com a assistência de um voluntário. Após isso, as imagens são tratadas e publicadas.

“A cada três meses abrimos as inscrições para os interessados em participar das novas etapas do projeto. Este mês encerramos as inscrições com quase 50 cães cadastrados”, comemora Mariana, que, não bastasse isso, ainda reverte algum dinheiro dos seus trabalhos particulares para o projeto. “Atualmente, todos os ensaios do ‘+amigo’ são voluntários e cedidos integralmente pelo Animalia, sem patrocínio ou suporte financeiro de terceiros. Sou a única fotógrafa do projeto, durante os ensaios conto com o auxílio de voluntários, mas já temos cadastrados alguns fotógrafos interessados em participar”, afirma.

Foto: Mariana Simon/Animalia

Foto: Mariana Simon/Animalia

 


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Alcides Mafra

Alcides Mafra

Jornalista e colaborador do iPhoto Channel ([email protected])

2 comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Parabens! Mesmo não fotografando de outras ONGs, vc faz um trabalho incrivel com a Cãopaixão. Bela iniciativa. Assim mais fotografos olhassem em outras direções, não só as comerciais.

  • Oi amiga que maravilha de fotos. Eu adoro tirar fotos de cães que vejo na rua, os vira-latas. Tanto que tenho 4 cadelas, todas adotadas.Duas achadas e duas que peguei no canil local, em Sertãozinho. O pessoal daqui está fazendo um trabalho muito bom. Suas fotos são lindas.Eu vou começar um curso para saber como utilizar uma câmera. Não sei como fotografar minhas belas cadelas.Eu tiro com tablet e celular inúmeras fotos e momentos, mas não ficam nítidas. Você está de parabéns pelo trabalho que faz e pelas encantadoras fotos com nossos vira-latas. Beijos

Receba as novidades por e-mail