Um amador entre os melhores

Ricardo não botou fé, mas “O Flamingo” ficou entre os finalistas do Sony Awards

O paulista Ricardo Venerando viveu nas últimas semanas dias de intensa expectativa. Tudo por causa de um flamingo. Ou melhor, do afortunado clique que ele fez do flamingo e que acabou entre os finalistas do prestigiado concurso internacional Sony Awards. A ansiedade acabou dia 18 de março, com o anúncio das imagens vencedoras. A foto de Ricardo não estava entre elas, mas a experiência está longe de ser considerada um fracasso. De quebra, sua imagem foi incluída na exposição das melhores imagens do concurso, que a galeria Somerset House, em Londres, abre dia 26 de abril, e deve itinerar pelo mundo.

O desfecho é ainda mais significativo se levarmos em conta que foi o primeiro concurso internacional do qual Ricardo participa. Antes disso, só havia tentado a sorte em concursos de menor expressão e sem obter boas classificações.

Comerciário de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, 42 anos de idade, Ricardo é fotógrafo amador. Começou a praticar em 2009, quando a esposa adquiriu uma câmera digital. Num passeio no zoológico de São Paulo, se viu diante de um novo hobby: fotografar animais, atividade que o conectou com a admiração que nutre pela natureza desde a infância.

Perereca verde flagrada por Ricardo numa folha de bromélia no Jardim Botânico de São Paulo. Segundo ele, no momento em que despertava de uma soneca

Ricardo Venerando: resultado mostrou que está no caminho certo (foto: autorretrato)

Não demorou até ele perceber que precisava dar um “up” no equipamento. Comprou uma Olympus SP 600UZ, ingressou em comunidades fotográficas na internet e começou a trocar experiência com outros apaixonados pela fotografia. “Então comecei a participar de concursos fotográficos relacionados a natureza para ter um parâmetro da qualidade de imagens que estava realizando”.

E foi para medir sua evolução que Ricardo se inscreveu no Sony World Photography Awards 2013. Submeteu três imagens ao júri. Dessas, botava menos fé em O Flamingo. “Foi a que menos achei que tivesse chance, pois foi realizada no zoológico de São Paulo e eu editei para dar um ar de mistério e elegância. Por isso o fundo negro. A pose do flamingo foi muito favorável”.

Em dezembro, veio a surpresa: um e-mail da World Photography Organisation (WPO), responsável pelo Sony Awards, informando que O Flamingo estava aparecendo em sites de jornais britânicos, como o Daily Mail e The Telegraph. “Então comecei a acreditar numa possibilidade maior e ela surgiu em fevereiro, quando foi divulgada a lista dos dez finalistas em cada categoria” (a foto de Ricardo entrou na seção Natureza e Vida Selvagem da categoria aberta – para amadores – do concurso).

Foto tirada no zoo de SP: “Esperei o momento exato da passagem do jacaré por trás da tartaruga para dar a sensação de perigo. Ali, os animais vivem em harmonia, mesmo parecendo o contrário”

Apesar de não ter levado o prêmio, Ricardo Venerando ficou bastante estimulado a continuar fotografando bichos, especialmente pássaros, dos quais mais gosta. A experiência até o credencia a dizer como se faz: uma boa imagem de animais, explica, requer paciência. Esperar o inesperado faz toda a diferença, assegura.

“Ter a minha imagem entre as dez melhores na categoria Natureza e Vida Selvagem no Sony Awards 2013 e saber que vai fazer parte da exposição no Somerset House em Londres nos meses de abril e maio mostrou que posso continuar trilhando esse maravilhoso mundo da fotografia”.

Assim, não se espante de ver, com frequência cada vez maior, Ricardo passeando pelo Jardim Botânico ou pelo zoo com a sua câmera na mão.

Alcides Mafra

Jornalista e editor do iPhoto Channel
2 Comentários neste post.

Deixe uma resposta

*

*

  • andreia cristina
    20 julho 2013 at 21:20 - Reply

    O Ricardo Venerando e demais,ele faz as fotos com prazer,e ele arrasa.

  • andreia cristina
    20 julho 2013 at 21:29 - Reply

    materia muito boa e muito orgulho do meu amigo Ricardo Venerando.

  • iPhoto Editora

    POSTS POPULARES